Jornais dos EUA viram o próprio alcance cair após o Facebook ativar o filtro anti-fake news – politicas.info
Comunicação

Jornais dos EUA viram o próprio alcance cair após o Facebook ativar o filtro anti-fake news

Mãos segurando um jornal.

Mark Zuckerberg atendeu o pedido, ativou um filtro contra notícias falsas, e o alcance da imprensa tradicional caiu

Foto: Pexels

Desacreditada após uma péssima cobertura da eleição americana, na qual garantira que Hillary Clinton sairia vencedora, a imprensa americana garimpou desculpas até se agarrar àquela que apresentava mais vantagens: o jornalismo estava certa o tempo todo, mas o eleitor foi ludibriado por notícias falsas espalhadas nas redes sociais. Assim, a pauta “fake news” tomou as manchetes mesmo sem qualquer estudo sério que as apontasse como crucial para a vitória de Donald Trump.

De imediato, as empresas de comunicação partiram para cima do Vale do Silício. E cobraram das gigantes da web atitudes contra o compartilhamento de boatos. Da parte do Facebook, o baixar de cabeça se deu em janeiro, com a implementação de um novo algoritmo. De acordo com a Folha de S.Paulo, a atualização do script “visava a destacar ‘histórias mais autênticas’“. E a rede garantiu que “a maioria das páginas não verá alterações significativas em sua distribuição no Feed de Notícias“.

Mas, após a ativação, os próprios reclamantes foram afetados. Veículos como Chicago Tribune, Boston Globe e Los Angeles Times alegam que um terço de seus conteúdos não mais reverberavam no projeto de Mark Zuckerberg. E o alcance das notícias, que girava entre 25 mil e 50 mil, caiu a uma média de 5 mil.

Até o momento da redação deste texto, nenhum dos envolvidos sabia explicar o fenômeno. Certamente foi um erro de cálculo, ou método. Mas, independente do motivo, fica o registro da ironia.

Está curtindo o Politicas.Info? Gostaria de ajudar a manter este projeto no ar? Basta clicar aqui e fazer uma doação de qualquer valor.

Fonte: Folha de S.Paulo

Clique para comentar

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Liberdade, Capitalismo & Democracia.

Copyright © 2015 - ÁpyusCom

Para o Início