De todos os seres humanos nascidos no século XIX, restariam apenas duas senhoras vivas – politicas.info
Mundo

De todos os seres humanos nascidos no século XIX, restariam apenas duas senhoras vivas

Das 42 pessoas mais velhas do mundo, 41 são mulheres

Foto: Witizia

Com a morte da italiana Emma Morano, aos 117 anos, Violet Brown tornou-se a pessoa mais velha do mundo. A jamaicana chegou à mesma idade no último 10 de março. Se tudo der certo, no próximo 4 de agosto, verá Nabi Tajima soprar a mesma quantidade de velas, mas lá no Japão.

Ao mesmo tempo que merece comemoração a longevidade destas duas senhoras, percebe-se um fenômeno inevitável, mas ainda assim melancólico. Porque, de acordo com o Grupo de Pesquisa em Gerontologia, entidade que estuda os supercentenários – seres humanos que superam os 110 anos de vida –, elas são os únicos sobreviventes dentre todos as pessoas que nasceram em 1900. Em outras palavras, de toda a história do período, restam apenas duas mulheres nascidas no século XIX.

Ainda de acordo com o GRG, o planeta tem hoje 42 supercentenários, sendo 41 mulheres. Vintes deles – ou delas – nasceram no Japão, e sete, nos Estados Unidos. E ninguém teria vivido mais do que Emma, morta aos 117 anos e 137 dias.

Fonte: Gerontology Research Group

Clique para comentar

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Mais Lidas

Para o Início