As candidaturas de Hillary e Trump nasceram da escolha de menos de 10% dos americanos – politicas.info
Mundo

As candidaturas de Hillary e Trump nasceram da escolha de menos de 10% dos americanos

Hillary Clinton e Donald Trump

Menos de um quinto dos Estados Unidos participou da escolha dos candidatos a presidente

Caricatura: DonkeyHotey

O sistema eleitoral americano finda em gestores bem mais competentes do que os brasileiros, mas há um inegável problema com a representatividade. Ao final, eram quatro candidatos disputando a Casa Branca em 2016, todavia só Hillary Clinton e Donald Trump representavam partidos com força suficiente para governar. Ambos, contudo, eram frutos da escolha de menos de 10% da população local.

O NY Times se dispôs a explicar o fenômeno. A nação já possui 324 milhões de habitantes, contudo são descartados 103 milhões de crianças, criminosos e estrangeiros sem cidadania americana. Em média, 88 milhões de cidadãos simplesmente não comparecem às urnas, enquanto outros 73 milhões não participam das primárias.

Os 18,5% restantes se dividem, também em média, em 30 milhões para cada partido: Republicano e Democrata. Mas a profusão de pré-candidatos em cada agremiação fez com que os dois vitoriosos acumulassem o interesse de apenas metade deste montante, ou 9% da população.

Quando foram às urnas no 8 de novembro passado, buscavam a simpatia dos outros 191 milhões de votos. Aconteceu de 137 milhões deles atenderem ao chamado, o que findou em 4 anos de mandato para Trump.

Fonte: NY Times

Clique para comentar

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Mais Lidas

Liberdade, Capitalismo & Democracia.

Copyright © 2015 - ÁpyusCom

Para o Início