Uma guerra entre facções criminosas tem elevado a taxa de homicídios no Nordeste – politicas.info
Brasil

Uma guerra entre facções criminosas tem elevado a taxa de homicídios no Nordeste

Só no Rio Grande do Norte, mais de mil homicídios foram registrados no primeiro semestre

Autor: Pixabay

A praia de Ponta Negra recebeu mil cruzes em suas areias simbolizando os mais de mil homicídios registrados no Rio Grande do Norte no primeiro semestre de 2017. Até 14 de junho, ao menos 1.114 foram vítimas dessa onda de violência em todo o estado. Mas a cobertura das fatalidades falha ao não buscar uma explicação para o fenômeno.

Uma fonte com recente passagem pela segurança pública da região confirmou: há uma guerra de facções em curso. Lutam pelo domínio do território. Um grupo local tenta resistir ao avanço da sigla que busca estabelecer-se nacionalmente. As execuções públicas – algumas registradas em vídeo – confirmam a existência do conflito. Que também atinge “civis”, principalmente quando os criminosos se livram de testemunhas em chacinas.

Todo o Nordeste vem sofrendo com altas taxas de homicídios. E não seria estranho a guerra ter uma abrangência regional.

Dos governos estaduais são cobradas soluções. Mas, no Brasil, eles são quase tão fracos quanto prefeituras. A contenção do problema precisa de uma ação federal. Contudo, Brasília parece mais interessa em evitar a própria prisão.

Fonte: G1

Clique para comentar

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Para o Início