Ao final das gestões petistas, a Petrobras perdia 85% do valor, a Odebrecht crescia 522% – politicas.info
Brasil

Ao final das gestões petistas, a Petrobras perdia 85% do valor, a Odebrecht crescia 522%

Durante os governos Lula e Dilma Rousseff, o faturamento da Odebrecht cresceu R$ 90 bilhões

Foto: Rovena Rosa

Antes da Lava Jato, a Odebrecht se sentia grata a Lula. Quando o Partido dos Trabalhos chegou à Presidência da República, o faturamento da empreiteira não passava de R$ 17,3 bilhões. Em 2016, contudo, superava essa quantia em mais de 6 vezes: R$ 107,7 bilhões.

Para se ter uma noção do significado desta cifra, basta lembrar que, no início do ano passado, o valor de mercado da Petrobras havia caído para R$ 73,7 bilhões. Em 2008, a estatal chegou a ser avaliada em R$ 510,3 bilhões, mas seria desvalorizada em 85,5%. Já em 13 anos de gestões petistas, o grupo Odebrecht ampliou os próprios ganhos em 522%.

Aqueles R$ 90 bilhões somados pelo grupo Odebrecht equivaliam a praticamente metade dos R$ 189,8 investidos em todo o Bolsa Família até então. Mas é preciso lembrar que a Odebrecht era só uma da dúzia de empreiteiras que mantinha relações promíscuas com o Governo Federal.

Fonte: Veja

2 Comentários

2 Comentários

  1. Pingback: Nos governos do PT, Petrobras encolheu 85% e o faturamento da Odebrecht subiu mais de 500% | Politica Aplicada

  2. Pingback: Nos governos do PT, Petrobras encolheu 85% e o faturamento da Odebrecht subiu mais de 500% | Politica Aplicada

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Para o Início