Sinal de que funcionou: após 23 anos, maior cédula do real continua sendo a de R$ 100,00 – politicas.info
Brasil

Sinal de que funcionou: após 23 anos, maior cédula do real continua sendo a de R$ 100,00

Cédulas e moedas de reais

E a criação de cédulas de valores superiores apenas facilitaria o trabalho dos corruptos

Foto: Joel Santana

O real nasceu em 1994. Na ocasião, foram imprensas moedas de um, cinco, dez e cinquenta centavos, além da de um real; e cédulas de um, cinco, dez, cinquenta e cem reais. Desde então, surgiriam moedas de vinte e cinco centavos, além de uma variação maior de cores e tamanhos para facilitar a identificação; a cédula de um real deu vez à de dois, lançaram a de vinte reais, surgiram versões em materiais e tamanhos distintos… Mas nunca o valor máximo superou a centena de reais.

Nos 22 anos que se seguiram, a inflação acumulou alta de 438%, fazendo com que R$ 100 equivalessem a R$ 18,59 da época do lançamento. Mas isso há um ano, quando o UOL fez as contas. De qualquer forma, duas décadas sem o acréscimo de notas de valores superiores seriam inimagináveis no Brasil de 1993, acostumado a imprimir cédulas com valores que atingiam os milhares ou mesmo os milhões de cruzados/cruzeiros.

Esse talvez seja um dos maiores sintomas de que o Plano Real deu certo. Ainda que especialistas defendam que já caberia no mercado uma cédula no valor de R$ 500,00. Todavia, quem mais agradeceria a graça seriam os corruptos – em depoimentos à Lava Jato, a Odebrecht confessou a complicada logística para transportar milhões em propina pelas cidades do país. Se a vontade dos especialistas fosse atendida, a dificuldade da corrupção seria reduzida em 80%. Melhor deixar como está.

Está curtindo o Politicas.Info? Gostaria de ajudar a manter este projeto no ar? Basta clicar aqui e fazer uma doação de qualquer valor.

Fonte: UOL

Clique para comentar

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Últimas Notícias

Liberdade, Capitalismo & Democracia.

Copyright © 2015 - ÁpyusCom

Para o Início