Segundo pesquisa, a maior parte dos católicos brasileiros se diz a favor do casamento gay – politicas.info
Brasil

Segundo pesquisa, a maior parte dos católicos brasileiros se diz a favor do casamento gay

No Brasil, ninguém defende mais as causas homossexuais do que os ateus e os cidadãos mais ricos

Arte: Michelangelo

Ainda na pesquisa Datafolha sobre as doutrinas religiosas seguidas pelo povo brasileiro, há alguns dados interessantes que batem de frente com parte das certezas da opinião pública. Sim, é verdade que tanto católicos como evangélicos, em sua maioria, concordam que o aborto deve ser punido, ou que o ensino religioso deveria fazer parte do currículo das escolas brasileiras. Mas 77% do primeiro grupo e 71% do segundo defendem que “deveria haver uma lei para punir quem constranger ou ofender homossexuais“.

Os católicos se mostram bem mais liberais em outras questões também pertinentes. Se 36% se diz contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo, uma parcela de 49% se diz a favor. E uma maioria de 56% diz ser a favor da adoção de crianças por casais gays.

 

Do lado evangélico, os números refletem o que costuma ser dito a respeito da doutrina: 68% são contra o casamento homossexual, e 64% possuem posição semelhante a respeito da adoção de crianças por casais homossexuais.

Em ambos quesitos, contudo, o fator econômico soa tão ou mais alto que o religioso. Dentre os entrevistados mais ricos, a união gay é aprovada por 64%, superando até mesmo a adoção, aprovada por 61%. Só ateus possuem uma concordância maior com ambas as propostas: 80%.

Fonte: Datafolha

Clique para comentar

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Para o Início