O erro que quebraria a economia brasileira se deu quando Lula fez de Dilma a sucessora dele – politicas.info
Brasil

O erro que quebraria a economia brasileira se deu quando Lula fez de Dilma a sucessora dele

O superávit previsto apenas para 2019 confirma: o PT jogou fora uma década inteira do Brasil

Brasília/DF, 01.01.2011 - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom

Míriam Leitão se permitiu uma questão complexa: em qual momento os governos petistas cometeram o erro que findaria afundando o Brasil na maior recessão de sua história? A resposta aponta para os esforços de Lula na eleição de Dilma Rousseff, uma candidata virgem em campanhas eleitorais que iniciaria 2010 ainda atrás de José Serra nas pesquisas.

Conforme apontado pela analista, após 5 anos de fortes altas, o governo Lula veria em 2009 a primeira queda nas receitas líquidas. E colocaria em prática uma política anticíclica ampliando as despesas quase 10% acima da inflação, fazendo com que o “tsunami” chegasse à economia brasileira como “marolinha”.

Passado o sufoco, era a hora de o país tomar o caminho oposto. E aproveitar o aumento das receitas para conter gastos. Mas Lula queria fazer a sucessora. E elevou as despesas 16% acima da inflação em 2010.

Uma vez eleita, Dilma tentaria corrigir o rumo em 2011 e até atingiria algum resultado em 2012. Mas em 2013 veria apoio popular ruir com os protestos de junho, reagiria como o padrinho agiu para elegê-la, perderia o controle completo da situação e seria afastada em meio a uma gravíssima crise política três anos depois.

Hoje, sabe-se que a o governo federal não conseguirá gastar menos do que arrecada até pelo menos 2019, dez anos após a política anticíclica de Lula. Ou seja… Lá se foi mais uma década perdida na história do Brasil.

Fonte: O Globo

Clique para comentar

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Últimas Notícias

Para o Início