Mesmo com Marcelo Odebrecht preso, candidatos de 2016 queriam a empreiteira bancando caixa 2 – politicas.info
Brasil

Mesmo com Marcelo Odebrecht preso, candidatos de 2016 queriam a empreiteira bancando caixa 2

22.02.2016 - Polícia Federal ao chegar na sede da Construtora Odebrecht, durante as atividades da Operação Acarajé, 23ª fase da Operação Lava Jato. Imagem por: Rovena Rosa

Segundo delator da Odebrecht, políticos procuraram o grupo para fazer uso de caixa mesmo nas eleições de 2016

Foto: Rovena Rosa

Saiu na longuíssima delação da Odebrecht, e foi muito bem destacado pela Folha de S.Paulo. Fernando Reis declarou à Lava Jato que a classe política brasileira não respeitou nem o sucesso da operação, que, na eleição de 2016, já tinha Marcelo Odebrecht preso por mais de um ano. Segundo o ex-presidente da Odebrecht Ambiental, a empreiteira continuou sendo procurada por candidatos que tentavam irrigar o próprio caixa dois com verba do grupo.

Um ano antes, Emílio Odebrecht já havia desativado o “departamento de propina” da organização. Mas, segundo delator, sem citar nomes, “nós fomos buscados por vários políticos para fazer caixa dois“.

É importante destacar que, nessa recente disputa, a Suprema Corte já havia proibido a financiamento de campanha por empresas privadas.

A notícia boa contudo é que, se a Lava Jato não assustou os integrantes do poder público, ao menos assustou seus financiadores, que evitaram participar de mais este jogo sujo.

Fonte: Folha de S.Paulo

Clique para comentar

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Liberdade, Capitalismo & Democracia.

Copyright © 2015 - ÁpyusCom

Para o Início