João Santana entregou à Lava Jato tudo o que sabe dos acordos de Lula na América Latina – politicas.info
Brasil

João Santana entregou à Lava Jato tudo o que sabe dos acordos de Lula na América Latina

A pedido do PT, o publicitário ajudou a eleger sete presidentes em cinco países

Foto: Wilson Dias

Antes de ser pego pela Lava Jato, João Santana era famoso não só por coordenar as campanhas de vários prefeitos e governadores no Brasil e na Argentina, mas vencer oito eleições presidenciais em cinco países, três delas em um único ano. A saber: Lula (2006) e Dilma Roussef (2010 e 2014), no Brasil; Hugo Chávez (2012) e Nicolás Maduro (2013), na Venezuela; Mauricio Funes (2009), em El Salvador; Danilo Medina (2012), na República Dominicana; e José Eduardo Santos (2012), em Angola.

A prometida delação do publicitário, assim como a de Mônica Moura, sua esposa, deve atingir não só as gestões Lula e Dilma, mas todos esses braços do petismo construídos na África e principalmente na América Latina. Segundo O Globo, além do apoio ilegal de Eike Batista e do Grupo J&F ao PT, o casal entregou à PGR tudo o que de sujo ocorreu nessa incursão petista além das fronteiras brasileiras.

A delação da Odebrecht já confirmou que a empreiteira era usada pelo PT para, via BNDES e obras indesejadas, garantir a vitória de aliados em número ainda maior de países. O casal Santana e Moura pode revelar à investigação as motivações da investida. E confirmar se fazia sentido ou não o temor do que o chamado “Foro de São Paulo” tramava para o continente.

Quem sabe, assim, a opinião pública perceba a culpa da esquerda brasileira na Dieta Maduro, a fome que fez três quartos dos venezuelanos emagreceram quase 9 quilos em 2016.

Fonte: O Globo

Clique para comentar

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Últimas Notícias

Para o Início