Janot pediu para Lula e Dilma seguirem investigados como se ainda tivessem foro privilegiado – politicas.info
Brasil

Janot pediu para Lula e Dilma seguirem investigados como se ainda tivessem foro privilegiado

28.08.2015 - Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) realiza audiência pública interativa para sabatina de Rodrigo Janot Monteiro de Barros, indicado para ser reconduzido ao cargo de procurador-geral da República (PGR). À mesa, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Imagem por: Geraldo Magela/Agência Senado

E num dos casos mais graves envolvendo, além da dupla, aliados como Mercadante e Cardozo

Foto: Geraldo Magela

O UOL noticiou que a Procuradoria-geral da República pediu a prorrogação da investigação que apura se Dilma Rousseff obstruiu a Justiça ao tramar com Lula, Mercadante e Cardozo a nomeação de membros do STJ. Mesmo com a PF já tendo concluído há um mês que, sim, eles obstruíram.

Mas a coisa piora: Janot quer que o caso se conclua no STF, ou seja, dentro da lerdeza burocrática do foro privilegiado, condição da qual os quatro principais envolvidos não mais gozam desde que o PT foi chutado da Presidência da República.

Tudo isso na semana em que o PGR engalfinhou-se verbalmente com Gilmar Mendes, vendendo-se à opinião pública como severo defensor de uma Justiça que o brasileiro já não nota há tempos – ao menos lá em Brasília.

Talvez não saiba que gestos dizem mais do que palavras.

Está curtindo o Politicas.Info? Gostaria de ajudar a manter este projeto no ar? Basta clicar aqui e fazer uma doação de qualquer valor.

Fonte: UOL

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: Há risco de o Brasil ter mais de 60 mil autoridades com foro privilegiado – Políticas.Info

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Últimas Notícias

Liberdade, Capitalismo & Democracia.

Copyright © 2015 - ÁpyusCom

Para o Início