Entrevista de Dilma em abril de 2017 desmente a de maio de 2016 sobre encontro com Odebrecht – politicas.info
Brasil

Entrevista de Dilma em abril de 2017 desmente a de maio de 2016 sobre encontro com Odebrecht

Dilma Rousseff concedendo entrevista.

Segundo Marcelo, o encontro serviu para alertá-la de que havia provas do uso de caixa dois na campanha de 2014

Screenshot: YouTube

Quebrando algum recorde histórico do jornal, Dilma Rousseff concedeu mais uma entrevista exclusiva para a Folha de S.Paulo. Mas findou se contradizendo, ou ao menos desmentindo informações dadas por ela mesma em outro papo de maio de 2016.

Segundo depoimento de Marcelo Odebrecht ao TSE, a presidente cassada foi alertada em encontro no México de que havia provas do uso de caixa dois na campanha que a reelegeu.

Quase um ano atrás, relatando o encontro, Dilma Rousseff deu a seguinte versão dos acontecimentos:

“Recordo que encontrei o Marcelo Odebrecht no México, o maior investimento privado do país é da Odebrecht com um sócio de lá. Conversamos a respeito do negócio, ele queria que déssemos um apoio maior. Uma conversa absolutamente padrão do Marcelo.

Agora, em abril de 2017, Dilma Rousseff descreve o mesmo encontro nos seguintes termos:

“Eu viajei ao México para um encontro com o Peña Nieto e depois houve um almoço e uma reunião com empresários. O Marcelo estava lá. No fim do dia, eu já estava saindo para o aeroporto, atrasada, mas queria ir ao banheiro. Fui para uma sala reservada e fiz o que tinha que fazer. Quando voltei, tá lá o senhor Marcelo nessa sala. Ele começou a falar comigo, do jeito Marcelo, tudo meio embrulhado. E eu numa pressa louca, olhando pra ele. Não entendi patavina do que ele falava. ‘Niente’. Ele diz que me contou que poderia ocorrer contaminação. Mas eu não tinha conta no exterior. Se o João tinha, o que eu tenho com o João? Por que eu teria que saber?

Qual Dilma fala a verdade? A de maio de 2016, que alegou ter conversado com o empreiteiro sobre negócios mexicanos da Odebrecht num encontro”padrão”? Ou a de abril de 2017, que se descreveu numa “pressa louca”, e o papo como “tudo meio embrulhado” sem entender nada ao final?

Fonte: Folha de S.Paulo

2 Comentários

2 Comentários

  1. Pingback: Se Lula “não sabia”, Dilma Rousseff inaugurou o “não entendi” – politicas.info

  2. Pingback: As reuniões secretas que, lá fora, tentavam enfraquecer a Lava Jato – politicas.info

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Mais Lidas

Liberdade, Capitalismo & Democracia.

Copyright © 2015 - ÁpyusCom

Para o Início