A compra de dólares deve render à JBS lucro de 300% em relação à multa paga com a delação – politicas.info
Brasil

A compra de dólares deve render à JBS lucro de 300% em relação à multa paga com a delação

Peça de churrasco.
Foto: Pixabay / Meditations

Horas antes de o Brasil descobrir que os irmãos que comandam a JBS tinham firmado um acordo de delação premiada com a Procuradoria-geral da República, os Batistas especularam na Bolsa de Mercadorias e de Futuros. O acordo com a PGR previa multa de R$ 225 milhões como pena, uma gorjeta de nove dígitos para um grupo cujo faturamento é mil vezes superior.

Como é hábito, a crise política gerada elevou o dólar num volume que não se observava há 18 anos. De acordo com a revista Piauí, o mercado estima que a operação de Joesley e Wesley tenha retornado à dupla algo em torno de R$ 900 milhões, um lucro de 300%.

De fato, o que os delatores entregaram tem sua importância, atinge as principais forças políticas do país, inclusive em esferas ainda inéditas, como membros da Suprema Corte. Mas a negociação não passa à nação a sensação de que alguma Justiça fora feita.

Pelos crimes cometidos, mesmo após ajudar a entregar mais de uma centena de autoridades, Marcelo Odebrecht cumprirá um bom tempo de cadeia. Enquanto isso, os irmãos batistas lucrarão até mesmo com a confissão assinada, curtindo nos Estados Unidos os bilhões que acumularam com a destruição institucional do Brasil. Não é suficiente.

Está curtindo o Politicas.Info? Gostaria de ajudar a manter este projeto no ar? Basta clicar aqui e fazer uma doação de qualquer valor.

Fonte: Piauí

Clique para comentar

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Liberdade, Capitalismo & Democracia.

Copyright © 2015 - ÁpyusCom

Para o Início