A cada 7 segundos, uma brasileira foi vítima de agressão física em 2016 – politicas.info
Brasil

A cada 7 segundos, uma brasileira foi vítima de agressão física em 2016

Agressor e vítima

Pesquisa descobriu que 4,4 milhões de brasileiras foram vítimas de agressões físicas no ano passado

Foto: Alexandra

O Fórum Brasileiro de Segura Pública e o Datafolha descobriram que, em 2016, por volta de 4,4 milhões de brasileiras foram vítimas de agressão física. Colocando em perspectiva, 503 mulheres foram vítimas de violência do tipo a cada hora, uma a cada sete segundos.

Quando se observa um leque maior de agressões, a situação piora substancialmente: 29% relataram algum tipo de violência, seja ofensa verbal (22%), abuso sexual (8%), ameaça (10%), por vezes com arma branca ou de fogo (4%). Por volta de 1,4 milhões sofreram espancamento ou tentativa de estrangulamento. E 257 mil foram vítimas de tiros.

Três em cada cinco agressores eram conhecidos das vítimas, em 19% dos casos eram os próprios companheiros. Em outros 16%, ex-companheiros. As agressões ocorreram mais em casa. E metade das vítimas não tomou qualquer atitude contra os ataques.

Um quadro tão horroroso prova que, a despeito do partidarismo cada vez mais evidente da militância, o feminismo segue carecendo de políticas efetivas que protejam as brasileiras.

Está curtindo o Politicas.Info? Gostaria de ajudar a manter este projeto no ar? Basta clicar aqui e fazer uma doação de qualquer valor.

Fonte: Datafolha

Clique para comentar

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Liberdade, Capitalismo & Democracia.

Copyright © 2015 - ÁpyusCom

Para o Início