Sete testemunhas já entregaram que Dilma sabia do Petrolão ou do uso de caixa 2 em 2014 – politicas.info
Artigo

Sete testemunhas já entregaram que Dilma sabia do Petrolão ou do uso de caixa 2 em 2014

Rio Grande- RS, 08/11/2013- A plataforma tem 15 módulos responsáveis pelo processamento e tratamento de óleo, gás e água, além de suporte de tubulações e acomodações para 110 pessoas. Ela pesa 63.300 toneladas e tem altura de 119 metros e comprimento de 330 metros.

Yousseff, Corrêa, Odebrecht, Delcídio, Cerveró, Monica e Santana: todos disseram que Dilma sabia

Foto: Roberto Stuckert Filho/ PR

O primeiro a abrir a boca foi o doleiro Alberto Yousseff, ainda antes de Dilma Rousseff ser reeleita. Em depoimento à Lava Jato, disse que Lula e a sucessora eram coniventes com o esquema corrupto que corroía a Petrobras. Na ocasião, a Veja adiantou a capa com o furo, o que forçaria uma resposta veemente da candidata no último programa eleitoral.

Em setembro de 2015, Pedro Corrêa, ex-presidente do PP, foi mais um a testemunhar a ciência de Dilma a respeito do Petrolão. E ganharia a companhia de Delcídio do Amaral em maio de 2016. Sete meses depois, seria a vez de Marcelo Odebrecht fazer o mesmo. Em junho de 2016, Nestor Cerveró se fez claro ao dizer que Dilma mentira sobre a compra de Pasadena. Antes, a IstoÉ já havia publicado o contrato que comprovava a participação da presidente cassada nas negociações da refinaria.

Agora, Monica Moura e João Santana dizem que Dilma tinha pleno conhecimento do fato de a campanha dela fazer uso de caixa dois.

A coisa não ficou apenas no escândalo investigado pela Lava Jato. O jornalista Ricardo Noblat noticiou que a petista arquitetou a anulação do próprio impeachment. Técnicos do Governo Federal chegaram inclusive a alertá-la para que não cometesse as tais “pedaladas fiscais” que a derrubariam. Ainda no primeiro mandato, e sempre segundo testemunhas, a ex-presidente sabia do enriquecimento de Antonio Palocci, das irregularidades que aconteciam no Ministério dos Transportes, e de irregularidades no convênio com ONGs noticiadas ao Ministério do Trabalho.

Não por outro motivo, para 84% dos brasileiros, Dilma sabia da corrupção na Petrobras.

Clique para comentar

Envie-nos uma pauta, esclareça sua dúvida ou corrija/acrescente informações:

Mais Lidas

Liberdade, Capitalismo & Democracia.

Copyright © 2015 - ÁpyusCom

Para o Início